sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Bombei! E agora?

kayascodeliaro | Tumblr




  
  Essa é a minha última semana de férias (snif!) e acredito que a de muitos de vocês. Com isso, vem toda aquela expectativa de começo de ano. Materiais novos, classe nova, professores novos e até mesmo escola nova! Mas, vem aquela bomba: você reprovou o ultimo ano. As coisas não parecem tão legais quanto antes, não é? 

  Foi isso que aconteceu comigo esse ano. Quando fui para o Ensino Médio, escolhi ir para uma escola mais forte e concorrida e, adivinhem no que deu? Não aguentei a pressão e bombei. E sei que alguns estão nessa mesma situação, por isso, nesse post eu quero trazer algumas dicas para os serão os repetentes da sala e um aviso: isso não é o fim do mundo. 

1. Faça amigos novos. 

A escola que eu estava era gigante, só no segundo ano tinham trezentos alunos (!) e eu sempre achei isso muito estressante, por isso, foi mais difícil fazer amizades. Mas, calma! Isso não significa que fiquei sozinha. Isso mesmo, eu enfrentei todas as minhas inseguranças e fiz muitos amigos. Conversei com pessoas que eu nunca havia visto na vida e adivinhem? Foi ótimo! Por isso, se você tem a chance de estudar com pessoas novas, não seja bobo e faça novos amigos! Eles te ajudarão a superar essa barra e ainda farão ótimas memórias com você!

2. Saiba onde errou. 

Ninguém repete de ano por nada. Algo errado a gente fez. Eu, por exemplo, sei o que fiz: conversas na aula, whatsapp na hora dos estudos.. Displicência total. Paguei por isso e lá vai eu refazer o segundo ano. O importante é a gente enxergar os erros e não repeti-los. 

3. Tenha um horário de estudos (e leve-o a sério!).

Eu sei que rever a matéria na hora do estudo é chato, rever a matéria de um ano que você já viu então, é pior ainda! Mas, pense como será ótimo você tirar aquela nota azul linda na matéria que te reprovou! Dá pra imaginar a felicidade que seria? Estudar cansa, mas o resultado sempre vale a pena!

4. Leve isso como um recomeço. 

A sensação que eu tive quando recebi o resultado final do ano passado foi de derrota. Uma derrota que eu tenho certeza que não batalhei o suficiente, mas ainda assim, uma derrota. Agora, que já chorei e fiz um drama básico, sei que não é bem assim. Quantas vezes na vida a gente pode recomeçar algo que fez errado? Essa é uma dessas vezes. Aproveite!

5. Respire fundo. 

Não se desespere por isso ter acontecido com você. As coisas não parecem ser tão ruins quanto são e, acredite, a vida é cheia dessas surpresas. Tudo acontece por uma razão e, se você se encontra na mesma situação que eu, alegre-se que o destino tem algo preparado pra você. Tempestades estão sempre aí, mas o Sol sempre volta. Aproveite cada dia como se fosse o último, mesmo com alguns problemas! A vida é muito linda para ser desperdiçada, não concorda? 

É preciso lembrar também que, muitas vezes, a escola em que estudamos não está deixando-nos satisfeitos, por isso, converse com os seus pais e mude para outra - ainda dá tempo! Na escola que reprovei, me sentia sufoca e presa. Ninguém entendia o meu amor por escrita e por humanas, ignoravam o fato de que eu queria ser jornalista e, sempre que podiam, faziam alguma piada. E eu nem estou falando dos alunos! Me sentia como um robô, apenas sendo programada para passar na melhor faculdade, no curso com maior salário e destinada a ser triste. Por isso, assim que tive a chance, saí de lá e voltei para minha escola antiga - onde fui muito bem recebida já no dia de fazer a prova para ingressar novamente. 

Não fique com vergonha ou com medo de mudar de escola por não aguentar o ensino da atual. Educação é importante, mas a sua saúde sempre tem que ser prioridade. Se a sua escola não está lhe fazendo bem, saia! Não pense na opinião dos outros; nesse momento, é você quem importa. Não tenha medo e arrisque! A vida é feita de decisões assim e, acredite em mim, essa seria a primeira de muitas que ainda virão na sua vida. Afinal, o que pessoas tão jovens como nós sabem? Tem mesmo é que arriscar enquanto há tempo!

E você, esta ansiosa para a escola? Desejo muita boa sorte para todos nós nesse 2015!


Nenhum comentário:

Postar um comentário